A terceira idade é um dos momentos mais delicados na vida de uma pessoa, a necessidade de cuidados aumenta e a incidência de doenças também, pois a imunidade tende a diminuir com o passar dos anos. Por esse motivo, é importante que o idoso participe das campanhas previstas no calendário de vacinação direcionadas a essa faixa etária, como é o caso da Gripe.

As vacinas ajudam a prevenir doenças simples e até mesmo as mais complexas, por isso é importante seguir a risca todas as orientações médicas e realizar visitas regulares aos postos de saúde para atualizar o cartão de vacinas do idoso.

Principais vacinas para idosos

No calendário de vacinação dos idosos a quantidade de vacinas não é tão grande quanto para recém nascidos, mas também são de grande importância e podem ajudar a preservar a saúde e a imunidade em alta. Por ser a mais comentada e divulgada pela mídia, a vacina contra a Gripe é a mais procurada nos postos de saúde. No entanto, é preciso estar atento a outras vacinas a partir dos 60 anos de idade, tais como:

  • Hepatite B (3 doses em não vacinados);
  • dT (Difteria e tétano, adulto – 3 doses em não vacinados);
  • Febre Amarela (Reforço a cada 10 anos);
  • SRC (Tríplice Viral, MMR – dose única em não vacinados);
  • Gripe (dose anual);
  • Antipneumocócica 23 valente polissacarídica (Dose única).

Vacinas para idosos: Onde vacinar?

Para seguir o calendário de vacinação e o manter sempre atualizado, o idoso deve procurar os postos de saúde para obter as vacinas gratuitamente, ou clínicas privadas, onde as mesmas vacinas são ministradas, mas são pagas.

É importante guardar o cartão de vacinação para tomar a quantidade certa de doses indicadas e poder acompanhar corretamente o calendário de vacinação para os idosos. Para garantir a imunização contra doenças virais e bacterianas é preciso guardar o cartão de vacina, pois ele também é um documento importante que contém informações relevantes para a saúde.