Viajantes

A febre amarela é a única doença que exige do viajante um certificado internacional de vacinação para a entrada em diversos países.

Entretanto, alguns países podem ter exigências especificas aos viajantes, coincidindo com determinados momentos do ano, ou com situações epidemiológicas particulares. As exigências legais para a vacinação, em particular nas viagens internacionais, podem sofrer modificações diante de quadros epidemiológicos muitas vezes imprevisíveis.

Por esse motivo é interessante consultar na internet as paginas da OMS e /ou do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, do inglês Center for Disease Control and Prevention).

Vacina Esquema Indicação
Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) É considerado protegido o indivíduo que tenha recebido, em algum momento da vida, duas doses da vacina tríplice viral acima de 1 ano de idade, com intervalo mínimo de um mês entre elas.  Sim
 Hepatite A  Duas doses, no esquema 0 e 6 meses.  Sim
 Hepatite B  Três doses, no esquema 0, 1 e 6 meses.  Sim
 Hepatite A e B  Três doses, no esquema 0, 1 e 6 meses. A vacinação combinada das hepatites A e B é uma opção e pode substituir a vacinação isolada das hepatites A e B.  Sim
Tríplice bacteriana acelular do tipo adulto I Com esquema de vacinação básico para tétano completo: reforço com dTpa (ou dTpa-VIP, ou dT) a cada dez anos.

Na impossibilidade do uso da vacina dTpa (ou dTpa-VIP), substituir a mesma pela vacina dT; e na impossibilidade da aplicação das outras doses com dT, substituir a mesma pela vacina dTpa (ou dTpa-VIP) completando três doses da vacina com o componente tetânico.

 dTpa VIP ou dTpa
 Tríplice bacteriana acelular do tipo adulto II Com esquema de vacinação básico para tétano incompleto: uma dose de dTpa (ou dTpa-VIP, ou dT) a qualquer momento e completar a vacinação básica com uma ou duas doses de dT (dupla bacteriana do tipo adulto) de forma a totalizar três doses de vacina contendo o componente tetânico.

Na impossibilidade do uso da vacina dTpa (ou dTpa-VIP), substituir a mesma pela vacina dT; e na impossibilidade da aplicação das outras doses com dT, substituir a mesma pela vacina dTpa (ou dTpa-VIP) completando três doses da vacina com o componente tetânico.

 dTpa VIP ou dTpa
Varicela (catapora)  Duas doses, com intervalo de um a três meses entre elas.  Sim
 Influenza (gripe)  Dose única anual.  Sim
Meningocócica conjugada  Uma dose, mesmo para aqueles vacinados na infância ou há mais de cinco anos.  Sim
Febre amarela Uma dose para residentes ou viajantes para áreas com recomendação da vacina (de acordo com classificação internacional e do MS). Se persistir o risco, indicada segunda dose dez anos após a primeira.  Sim
 Febre tifoide Dose única da vacina polissacarídica capsular Vi, por via intramuscular ou subcutânea, para adultos e crianças a partir de 2 anos de idade.  Sim
 Poliomielite inativada Pessoas nunca vacinadas: três doses de VIP (esquema 0, 1-2, 6-12 meses). Pessoas já vacinadas com esquema completo: uma dose entre um e 12 meses antes da viagem. Pode ser feita combinada à dTpa.  Sim
Marque sua Vacinação

Vacine-se e proteja sua vida. Marque já!

Marque sua Vacinação